Página Inicial >> ASSESSORIA DE IMPRENSA >> SAUDE >> Serra Talhada inicia campanha de vacinação contra gripe

Serra Talhada inicia campanha de vacinação contra gripe

A Prefeitura de Serra Talhada, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, inicia nesta segunda-feira (12) a campanha de vacinação contra a gripe Influenza, que causa sintomas como febre alta, cefaleia, dor muscular, tosse seca, entre outros.

Nesta primeira etapa serão vacinados três grupos prioritários no município de Serra Talhada: crianças de 06 meses a menores de 06 anos, gestantes, puérperas (mães no pós-parto até 45 dias) e povos indígenas.

A vacinação acontece das 08h às 17h em todas as unidades de saúde da cidade e zona rural, além do Setor de PNI, localizado ao lado do Centro de Reabilitação (Centro Municipal de Saúde).

A Campanha Nacional de Imunização contra a Gripe do Ministério da Saúde será destinada a 16 grupos prioritários e acontecerá em etapas diferentes, com o objetivo de evitar aglomerações nas unidades de saúde e consequentemente contaminação pelo novo coronavírus.

Os grupos prioritários são:

– Crianças de 6 meses a menores de 6 anos;

– Gestantes;

– Puérperas;

– Povos indígenas;

– Trabalhadores de saúde;

– Pessoas com 60 anos ou mais;

– Professores;

– Portadores de doenças crônicas não transmissíveis;

– Pessoas com deficiência permanente;

– Forças de segurança, de salvamento e armadas;

– Caminhoneiros;

– Trabalhadores do transporte coletivo de passageiros;

– Funcionários trabalhando em prisões e unidades de internação;

– Adolescentes cumprindo medidas socioeducativas em unidades de internação;

– População privada de liberdade.

A vacinação acontece das 08h às 17h em todas as unidades de saúde da cidade e zona rural, além do Setor de PNI, localizado ao lado do Centro de Reabilitação (Centro Municipal de Saúde).

A Campanha Nacional de Imunização contra a Gripe do Ministério da Saúde será destinada a 16 grupos prioritários e acontecerá em etapas diferentes, com o objetivo de evitar aglomerações nas unidades de saúde e consequentemente contaminação pelo novo coronavírus.

Os grupos prioritários são:

– Crianças de 6 meses a menores de 6 anos;

– Gestantes;

– Puérperas;

– Povos indígenas;

– Trabalhadores de saúde;

– Pessoas com 60 anos ou mais;

– Professores;

– Portadores de doenças crônicas não transmissíveis;

– Pessoas com deficiência permanente;

– Forças de segurança, de salvamento e armadas;

– Caminhoneiros;

– Trabalhadores do transporte coletivo de passageiros;

– Funcionários trabalhando em prisões e unidades de internação;

– Adolescentes cumprindo medidas socioeducativas em unidades de internação;

– População privada de liberdade.

Covid-19: O Ministério da Saúde não recomenda que seja feita a aplicação das vacinas contra a covid-19 e contra a Influenza conjuntamente. A pasta recomenda que as pessoas que estiverem nos grupos prioritários procurem se vacinar antes contra a covid-19. Especialistas recomendam pelo menos uma diferença de 14 dias entre uma e outra vacina.

Covid-19: O Ministério da Saúde não recomenda que seja feita a aplicação das vacinas contra a covid-19 e contra a Influenza conjuntamente. A pasta recomenda que as pessoas que estiverem nos grupos prioritários procurem se vacinar antes contra a covid-19. Especialistas recomendam pelo menos uma diferença de 14 dias entre uma e outra vacina.

Da Ascom

Hits: 13

Compartilhar nas redes