Página Inicial >> PREFEITURA PETROLINA >> Prefeitura de Petrolina dá dicas de como evitar acidentes com animais peçonhentos

Prefeitura de Petrolina dá dicas de como evitar acidentes com animais peçonhentos

A Prefeitura de Petrolina, através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), está levando orientações sobre animais peçonhentos e venenosos a estudantes da Rede Municipal de Ensino, com o projeto ‘Aprendizes do CCZ’. Nos encontros, são discutidos sobre esses animais, suas diferenças, quais as espécies presentes em nossa região, a importância ecológica e o que se deve fazer em casos de acidentes. A próxima visita será sexta-feira (29), na escola 21 de Setembro, no bairro José e Maria.

A população precisa estar atenta a alguns cuidados básicos, como manter limpo o interior das casas, assim como, os quintais e terrenos, evitando acúmulo de lixo e entulho. Nós realizamos essas palestras e interação com alguns animais, com a intenção de conscientizar as crianças e a comunidade” destaca a coordenadora do CCZ, Graziella Correia.

Como evitar acidentes com animais peçonhentos

Em casa

  • Entre com cuidado em locais que ficaram fechadas por muito tempo;
  • Bata os colchões antes de usá-los;
  • Sacuda cuidadosamente roupas, sapatos, toalhas e lençóis antes de usá-los;
  • Afaste as camas e berços das paredes e evite pendurar roupas fora dos armários;
  • Limpe o interior e os arredores da casa usando luvas, botas e calças compridas;
  • Caso encontre algum animal peçonhento dentro de casa, mantenha a calma, afaste-se e entre em contato com o centro de controle de zoonoses no telefone 3867-4774.

Fora de casa

  • Não caminhe por regiões de mato alto sem usar calça comprida e botas;
  • Próximo a matas e na beira de estradas, evite deixar as portas do carro abertas, principalmente ao anoitecer. A mesma precaução vale durante a troca de pneus no acostamento;
  • Jamais pegue animais peçonhentos com as mãos, mesmo que eles pareçam mortos.

Se for picado

  • Lave o local da picada apenas com água e sabão;
  • Mantenha a vítima deitada e em repouso;
  • Evite que a vítima se locomova sozinha;
  • Mantenha o membro picado mais elevado do que o restante do corpo;
  • Busque socorro médico imediatamente;
  • Se for possível e seguro, leve o animal (mesmo morto) ao local de atendimento médico, para facilitar o seu reconhecimento. Caso não se sinta seguro, pode levar uma foto no celular.
Compartilhar nas redes