Boeing 737 operado pela companhia Air Algerie

Voo AH5017 da Air Algerie desapareceu do radar nesta quinta enquanto seguia de Burkina Fasso à capital da Argélia, Argel

Um voo da Air Algerie com 116 pessoas a bordo desapareceu do radar nesta quinta-feira (24), informou a companhia de aviação aérea. A aeronave seguia de Burkina Faso rumo a capital da Argélia, Argel, pelo Saara.

Segundo a empresa privada de aviação espanhola Swiftair, que aluga algumas de suas aeronaves para a Air Algerie, o avião levava 110 passageiros e seis tripulantes.

O voo AH 5017 perdeu contato com o radar 50 minutos após decolar de Ouagadougou, capital de Burkina Fasso, costa oeste africana, as 1h17, hora local, nesta quinta - 22h55 horário de Brasília - e deveria ter aterrissado em Argel as 5h10, horário local - 2h10 horário de Brasília. Mas não chegou a seu destino.

"De acordo com os procedimentos, a Air Algerie lançou seu plano de emergência", diz nota emitida pela companhia aérea. A aeronave havia desaparecido por várias horas antes do sumiço ter se tornado público. A trajetória de voo do AH5017 não estava imediatamente clara.

Ougadougou está em uma linha quase reta ao sul da Argélia que passa por Mali. O avião é um McDonnell Douglas MD-83, segundo informou a empresa. *Com AP, CNN e Reuters/IG

 

O deputado federal Tiririca (PR de São Paulo) acumulou um patrimônio de pouco mais de R$ 531 mil em menos de quatro anos de mandato em Brasília. O valor foi declarado pelo candidato e divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Tiririca, 49 anos, foi eleito em 2010 com votação recorde (mais de 1,3 milhão). Na época, o humorista declarou não possuir bens.

Como deputado federal, Tiririca passou a ter um salário de R$ 26,7 mil por mês, fora benefícios.

Em sua declaração de bens deste ano, Tiririca afirmou possuir uma Land Rover 2013 (valor de R$ 173 mil), um Fusca ano 1972 (R$ 8 mil), cotas de uma empresa de produção artística (R$ 9,9 mil), reserva para aumento de capital de empresa (R$ 317.790,00) e duas contas no Banco do Brasil nos valores de R$ 0,28 e R$ 23.223,39 – o total é de R$ 531.913,67. Clique aqui e veja os dados divulgados pelo TSE.

Na campanha eleitoral deste ano, Tiririca declarou ao TSE um limite de gastos máximo de R$ 3,5 milhões. Em 2010, de acordo com as prestações de conta, a campanha do candidato custou pouco mais de R$ 391 mil, a maior parte das despesas foi contabilizada pelo fundo partidário.(Band/CorreiodoEstado)

 

A agência bancária Bradesco, situada na Avenida Manoel Borba, centro de Afogados da Ingazeira ficou parcialmente destruída após uma quadrilha explodir os caixas eletrônicos. A explosão dos caixas aconteceu durante a madrugada desta quinta-feira (23).

 A agência ficou incendiada, sendo necessária a intervenção do Corpo de Bombeiros, que apagou as chamas. As polícias Civil e Militar estão mobilizadas na tentativa de encontrar os criminosos. (Por Itamar França)

 

Membro da Academia Brasileira de Letras, paraibano de 87 anos sofreu um acidente vascular cerebral

O escritor paraibano Ariano Suassuna, autor de "Auto da Compadecida" e "A Pedra do Reino", morreu às 17h15 desta quarta-feira (23), aos 87 anos, no Recife.

Internado no Real Hospital Português desde segunda-feira (21), quando sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico, Suassuna teve uma parada cardíaca provocada pela hipertensão intracaniana. No ano passado, o autor foi hospitalizado duas vezes, primeiro por causa de um infarto agudo no miocárdio e, depois, por um aneurisma cerebral.

Ocupante da Cadeira 32 da Academia Brasileira das Letras, para a qual foi eleito em agosto de 1989, Suassuna foi um dos principais nomes da literatura brasileira do século 20.

Nascido em Nossa Senhora das Neves, hoje João Pessoa, em 16 de junho de 1927, era filho do político João Suassuna, que ocupou o governo da Paraíba e foi assasinado no Rio de Janeiro, em 1930.

A família passou a viver em Taperoá, onde Suassuna começou a estudar e viu a primeira peça de mamulengos (fantoches típicos do nordeste brasileiro), que depois teria influência em sua produção teatral.

Em 1942 o autor se mudou para Recife e aos 16 anos começou a escrever poesias. Aos 20 publicou a primeira peça, "Uma Mulher Vestida de Sol".

Em 1950 formou-se advogado, profissão à qual se dedicou durante anos sem abandonar a literatura. Na faculdade conheceu o escritor Hermilo Borba Filho, com quem fundou o Teatro do Estudante de Pernambuco.

Em 1955 publicou "Auto da Compadecida", sua obra mais famosa, que em 2000 seria adaptada para uma minissérie e um filme de sucesso, estrelados por Matheus Nachtergaele e Selton Mello.

Com projeção nacional, deixou a advocacia e viu suas peças serem montadas em outros Estados. Em 1959, de novo com Borba Filho, fundou o Teatro Popular do Nordeste.

Na década de 1970, lançou o Movimento Armorial, com o objetivo de criar arte erudita a partir de elementos da cultura popular, como literatura de cordel e música de viola. Seu livro "O Romance d'A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta", de 1971, é baseado nesses preceitos.

Exerceu, entre outros cargos públicos, o de secretário de Cultura de Pernambuco durante o terceiro governo de Miguel Arraes (1995-1998). Atualmente, era assessor do governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

Em 2012, foi escolhido pelo Senado como "candidato oficial" do Brasil ao prêmio Nobel de Literatura - que, depois, ficou para o chinês Mo Yan. Suassuna teve obras traduzidas para o inglês, francês, espanhol, alemão, italiano, holandês e polonês. Mas não para o sueco, língua dos eleitores do Nobel.

Fã de futebol, o autor era torcedor fanático do Sport Club do Recife.

Veja as principais obras de Ariano Suassuna:

1947 - "Uma Mulher Vestida de Sol"

1949 - "Os Homens de Barro"

1950 - "Auto de João da Cruz"

1952 - "O Arco Desolado"

1953 - "O Castigo da Soberba"

1954 - "O Rico Avarento"

1955 - "Auto da Compadecida"

1957 - "O Casamento Suspeitoso"

1957 - "O Santo e a Porca"

1958 - "O homem da Vaca e o Poder da Fortuna"

1959 - "A Pena e a Lei"

1960 - "Farsa da Boa Preguiça"

1962 - "A Caseira e a Catarina"

1971 - "O Romance d'A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta"

1976 - "História d'O Rei Degolado nas Caatingas do Sertão / Ao sol da Onça Caetana"

1980 - "Sonetos com Mote Alheio"

1985 - "Sonetos de Albano Cervonegro"

1987 - "As Conchambranças de Quaderna"

(Por IG)

 

                 Convênio com IPA e solicitação do deputado Sebastião Oliveira, beneficiaram os moradores.

A secretaria de Agricultura de Flores instalou, com o IPA-Instituto Agronômico de Pernambuco, 2 poços artesianos na comunidade do sítio Alto de Pedras.

O primeiro poço, instalado pelo IPA, tem a extraordinária vazão de 6.000 litros d’água por hora; o segundo, que foi uma solicitação do deputado Sebastião Oliveira, tem vazão 269 litros por hora.

Ambos os poços irão beneficiar muitas famílias da comunidade e atendem ao projeto da Prefeitura de garantir segurança hídrica para todos os moradores da zona rural de Flores.

A prefeita de Flores, afirmou: “Buscaremos constantemente e por todas as formas legais recursos para atender a demanda de necessidade de água potável para moradores de nossa terra”.

Governo de Flores – Uma vida melhor para todos.

 

O COMDECA – Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, convida toda a população florense para participar do 1º Fórum Comunitário Selo Unicef – Município Aprovado.

Na ocasião será discutida a situação sócio-educacional atual e as políticas públicas a serem implementadas para as crianças e adolescentes do município com o fim de alcançarmos o prêmio do Selo UNICEF – Município Aprovado.

O 1º Fórum Selo UNICEF de Flores, será as 13 horas, do dia 29 de julho, no ginásio esportivo da escola 11 de Setembro.

Governo de Flores – Uma vida melhor para todos.

 

Para vencer no 1º turno, Dilma Rousseff precisa crescer pelo menos cinco pontos percentuais

A pesquisa do Ibope divulgada ontem assemelha-se à de outros institutos que foram divulgadas nos últimos sete dias. A presidente Dilma Rousseff continua à frente da corrida com 38% das intenções de voto, o que lhe garante vaga no 2º turno mas não necessariamente a reeleição. É que a soma dos três principais candidatos da oposição – Aécio Neves, Eduardo Campos e Everaldo Pereira – aproxima-se do percentual que a petista detém: 33%. Com mais os votos dos partidos nanicos, especialmente do PSOL (Luciana Genro), do PV (Eduardo Jorge) e do PSTU (José Maria), é pouco provável que a eleição seja definida no primeiro turno. Para ver-se livre do segundo, a atual presidente precisará crescer pelo menos cinco pontos percentuais, o que daria aproximadamente 50,1% dos votos válidos. Convenhamos que isso não é fácil numa conjuntura econômica adversa e nisso estão atentos tanto Aécio Neves como Eduardo Campos.  (Coluna Fogo Cruzado – 23 de julho)

 

Pesquisa do Ibope, encomendada pela Rede Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo, mostra a candidata Dilma Rousseff (PT) com 38% das intenções de voto. Em seguida, aparecem o candidato Aécio Neves (PSDB), com 22%; e Eduardo Campos (PSB), com 8%.

O nível de confiança da pesquisa é 95%, com margem de erro de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O candidato Pastor Everaldo (PSC) aparece com 3%. Eduardo Jorge (PV), Zé Maria (PSTU), Luciana Genro (PSOL) tiveram 1%, cada um. Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) têm juntos 1%. Votos brancos e nulos somam 16% e não responderam ou não sabem, 9%.

O Ibope também fez simulações de segundo turno. Na possível disputa entre Dilma Rousseff e Aécio Neves, a candidata petista aparece com 41% das intenções de voto e o tucano aparece com 33%. Brancos e nulos somam 18%. Não souberam ou não responderam, 8%. Na simulação entre Dilma e Eduardo Campos, a candidata do PT aparece com 41% das intenções de voto e Campos com 29%. Brancos e nulos, 20%. Não souberam ou não responderam, 10%.

O instituto também divulgou avaliação do governo. Os que avaliaram o governo como ótimo ou bom somaram 31% em julho; o mesmo percentual em junho; eram 35%, em maio; e 34%, em abril. Aqueles que avaliaram como regular somaram 36% em julho, 33% em junho, o mesmo percentual em maio e 30% em abril. Aqueles que avaliaram como ruim ou péssimo foram 33% em julho, junho e maio e eram 30% em abril.

Não souberam ou não responderam responderam por 1% em julho e junho e 2% em maio e abril.

O instituto ouviu 2.002 pessoas entre sexta-feira (18) e ontem (22). A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-00235/2014.

 

Foto: Paradox Zero/divulgação

Foto: Paradox Zero/divulgação

Foto: Paradox Zero/divulgação

Para estreitar as relações com os eleitores, uma ferramenta será essencial nas eleições em 2014: a rede social. Desde o início da pré-campanha, os três presidenciáveis mais bem colocados na disputa – Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) – já miraram na página para disseminar as ideias de campanha.

No início do ano, o candidato socialista despontava em primeiro lugar em quantidade de seguidores. Porém, entre junho e julho, os perfis no Facebook dos candidatos à presidência cresceram de forma contrastante.

Enquanto o de Dilma Rousseff (PT) aumentou 29% em volume de seguidores, o de Aécio Neves (PSDB) subiu 19% e o de Eduardo Campos (PSB), que é o atual líder em número de seguidores, cresceu apenas 2% no mesmo período. Os dados fazem parte de uma compilação organizada pela agência Paradox Zero.

No período de um mês, o perfil da presidente Dilma Rousseff passou de 551.725 pessoas, em 09 de junho, para 711.876, em 09 de julho; enquanto o do senador Aécio Neves saltou de 780.839 para 928.248 seguidores, no mesmo período. Já o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, tinha 958.346 seguidores e, em 9 de julho, estava com 978.305.

Vale lembrar, que a Lei 9.504, responsável pela regulamentação das eleições e dos crimes eleitorais, não permite que os anúncios virtuais sejam pagos. Então, se o crescimento dos perfis fosse orgânico, os números continuariam subindo em proporção semelhante.

Desse modo, uma estagnação dos perfis vai indicar a dependência dos anúncios pagos. Mas, conforme estudos realizados pela Paradox Zero, a Justiça Eleitoral tem encontrado dificuldades severas em fiscalizar e coibir os anúncios pagos com diversos candidatos regionais ainda veiculando propaganda no Facebook. (Blog de Jamildo/Fotos:Paradox Zero)

 

O ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos chegou na madrugada desta quarta-feira (23), por volta de 1h40, ao  Real Hospital Português, onde está internado o escritor Ariano Suassuna. Ao lado do político, a esposa Renata Campos, sobrinha do dramaturgo.

Ariano está em coma, respirando com a ajuda de aparelhos, internado na UTI Neurológica do centro médico. As informações partiram de boletim médico assinado pela neurocirugiã Feliciana Castelo Branco. “Houve um agravamento do quadro clínico e a situação é instável, com queda da pressão arterial e pressão intracraniana muito elevada”.

O autor de Auto da Compadecida foi hospitalizado às 20h desta segunda-feira com um sangramento intracraniano. Ele foi levado para a sala de cirurgia em um procedimento emergencial. A operação neurológica foi considerada bem-sucedida e terminou por volta das 23h. De acordo com o Hospital Português, em seguida, ele foi encaminhado para a UTI Neurológica.

Na última sexta-feira (18), o escritor concedeu uma aula-espetáculo no Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), no Agreste. Na manhã do sábado (19), ainda tirou fotos com fãs que participavam do evento. Segundo Samarone Lima, assessor de Ariano, ele estava ótimo e muito animado. “Ele estava normal, estava bem”, contou.

Em agosto passado, Ariano Suassuna sofreu um infarto agudo do miocárdio e foi internado no Hospital Português. Segundo os médicos, ele teve um comprometimento cardíaco considerado de pequenas proporções. Dois dias após receber alta médica, deu entrada novamente na unidade. Ele teria sido encontrado desacordado no chão de casa por familiares e passou mais quatro dias na UTI. (DiariodePernambuco)

 

Associado AblogPE

Facebook

Cerâmica Pajeú

Ecosol

O.T STÚDIO

Clima Tempo