É tempo de reconhecer os esforços das trabalhadoras e dos trabalhadores pela luta diária para ganhar o pão de cada dia e por empreender esforços em favor do progresso de nossa terra.

Que as luzes do nosso senhor Jesus Cristo, que abençoou o trabalho numa carpintaria, recaiam sobre todos nós, nos proporcionando sabedoria e discernimento em tudo que profissionalmente realizarmos.

Minha homenagem e respeito aos construtores de uma sociedade mais justa e de uma Flores melhor!

Soraya Morioka – Prefeita.

 

Postos de Saúde de todo o município estão em campanha de vacinação contra o Virus H1N1

Pode tomar a vacina:

- crianças com idade de 6 meses a menores de 5 anos;

- grávidas;

- idosos a partir de 60 anos;

- hipertensos;

- diabéticos;

- pessoas portadoras de doenças crônicas;

- puérperas até 45 dias pós-parto.

Agora, muita atenção: pessoas alérgicas a ovo não podem tomar a vacina.

 

Dia D contra a gripe será neste sábado (30) (Foto: Ascom Arraial do Cabo/Divulgação)

Pernambuco recebe, neste sábado (30), o 'Dia D' da campanha nacional de vacinação contra a gripe, que protege contra os vírus da influenza A H1N1, A H3N2 e B. Os postos de saúde do estado abriram às 8h e seguem abertos até as 17h para aplicar a vacina. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), a meta é imunizar em Pernambuco, no mínimo, 1.676.769 pessoas, o que equivale a 80% do público total, formado por 2.095.962 pessoas. Essa expectativa se refere até o fim da campanha, no dia 20 de maio.

A vacina contra a influenza é direcionada para os grupos prioritários. São eles: crianças de 6 meses a menores de 5 anos (ou seja, até 4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), trabalhadores de saúde, idosos (a partir de 60 anos), povos indígenas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos sob medidas socioeducativas.

As crianças que tomarem a vacina pela primeira vez devem receber a segunda dose apenas 30 dias após essa dose inicial. As pessoas que possuem doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais também fazem parte dos grupos prioritários, mas precisam levar prescrição médica comprovando a situação para que recebam a vacinação.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, a vacinação contra a influenza pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade global. Além disso, nos residentes em lares de idosos, diminui o risco de pneumonia em cerca de 60%, o risco global de hospitalização em cerca de 50%, e o de morte, em 68%. Ela ainda pode reduzir em 40% os casos de síndrome gripal.

A imunização é contraindicada para indivíduos com alergia grave ao ovo ou a qualquer outro componente da fórmula ou aqueles que apresentaram história de reação anafilática em dose anterior da vacina. Em caso de doenças agudas febris moderadas ou graves, é recomendado adiar a vacinação até a resolução do quadro.

A proteção da vacina contra a influenza dura cerca de um ano. De acordo com a SES, a imunização contribui para a redução do agravamento dos casos, de internações hospitalares, dos gastos com medicamentos para tratamento de infecções secundárias e dos casos de morte.

Quatro mortes em Pernambuco

Foram confirmadas em Pernambuco quatro mortes por influenza A H1N1, segundo o boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde na quinta-feira (28). Todas as mortes aconteceram no Recife, sendo uma na faixa etária entre 10 e 19 anos, uma na faixa etária de 40 a 49 anos e as outras duas na faixa etária de 50 a 59.

No estado, foram ainda notificados 238 casos de SRAG, com 19 confirmações de influenza A H1N1. No mesmo período de 2015, foram notificados 342 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG0, sem confirmações para a A H1N1. Já nos casos de síndrome gripal, que são mais leves, foram realizadas 193 coletas, sendo 33 delas positivas para influenza A H1N1.

 

O gerente executivo de uma agência bancária de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, foi sequestrado por criminosos e obrigado a retirar R$ 300 mil do cofre do banco. De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu na sexta-feira (30).

A vítima relatou aos policiais que chegou em casa, no município de Sanharó, também no Agreste, e encontrou a família em poder dos criminosos. Eles exigiram uma quantia em dinheiro do gerente, que foi obrigado a ir até a agência bancária em Belo Jardim e retirar o valor.

Ainda conforme a polícia, o funcionário do banco disse que, após a entrega do montante, os parentes dele foram liberados e os criminosos fugiram. Ele registrou o caso na Delegacia de Polícia Civil de Sanharó. Até a publicação desta matéria, nenhum suspeito foi localizado. (G1-Caruaru)

 

Dos atuais 81 senadores que vão decidir o destino da presidente Dilma Rousseff no dia 11 de maio próximo, 14 participaram das sessões do Congresso em 1992 que decidiu pelo afastamento do então presidente Fernando Collor, em 1992.

À época, apenas dois senadores ocupavam o mesmo cargo: Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) e Raimundo Lira (PMDB-PB).

Os outros 12 eram deputados federais, entre eles o pernambucano Fernando Bezerra Coelho (PSB) e o goiano Ronaldo Caiado (DEM).

Eram deputados federais em 1992 os seguintes senadores:

Aécio Neves (PSDB-MG)

Como votou: sim

Eduardo Braga (PDC-AM)

Como votou: sim

Fernando Bezerra Coelho (PMDB-PE)

Como votou: sim

José Maranhão (PMDB-PB)

Como votou: sim

José Serra (PSDB-SP)

Como votou: sim

Lúcia Vânia (PMDB- GO)

Como votou: sim

Paulo Bauer (PSDB-SC)

Como votou: sim

Paulo Paim (PT-RS)

Como votou: sim

Paulo Rocha (PT-PA)

Como votou: sim

Ronaldo Caiado (PFL-GO)

Como votou: não

Rose de Freitas (PSDB-ES)

Como votou: sim

Wellington Fagundes (PL-MT)

Como votou: sim.

 

Chico Peixoto/LeiaJáImagens/Arquivo

Em 2014, o pleito custou R$ 685 milhões aos cofres públicos. Para o advogado eleitoralista Delmiro Campos, diante da conjuntura atual a medida não seria a solução

Diante da crise econômica nacional, a realização de uma nova eleição para a Presidência da República este ano custaria cerca de R$ 700 milhões aos cofres públicos. De acordo com cálculos feitos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para acolher o voto cada eleitor custa individualmente R$ 4,80. Em outubro de 2014, quando 142.822.046 milhões eleitores estavam aptos a votar, o pleito custou aproximadamente R$ 685 milhões. Atualmente mais 2.715.131 milhões de brasileiros ingressaram na lista. 

A tese de uma nova eleição presidencial ainda em 2016 tem sido reforçada com a possibilidade do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). A ideia, bancada inicialmente pela Rede Sustentabilidade, é o objetivo principal da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 20/2016 apresentada no Senado com o apoio de 30 parlamentares, entre eles, alguns insatisfeitos com uma eventual posse do vice-presidente Michel Temer (PMDB), substituto constitucional de Dilma em caso de deposição.

A aprovação desta PEC – uma das duas vertentes que permitira o novo pleito – instalaria um mandato presidencial tampão, de dois anos, e a disputa aconteceria concomitante as eleições municipais em outubro. No entanto, a aprovação da proposta, segundo o advogado e membro da Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político (Abradep), Delmiro Campos, não tem seu efeito imediato garantido, visto que a legislação eleitoral respeita o Princípio a Anualidade, ou seja, as regras do processo devem ser conhecidas com o período de um ano de antecedência.

“A PEC sofre uma série de criticas e obstáculos para a sua aplicação no corrente ano. Temos um cenário de insegurança legislativa muito grande. Isso [uma nova eleição] não vem a acontecer porque uma das regras que deve ser respeitada é o Principio Anualidade e as regras eleitorais precisam ser aplicadas com segurança jurídica”, observou o especialista, dando o exemplo da Lei da Ficha Limpa aprovada em 2010, mas sem a aplicabilidade exigida para as eleições daquele ano.

De acordo com o advogado, a legislação eleitoral também aponta que os pleitos só podem acontecer a cada dois anos e, por isso, as eleições gerais não podem conflitar com as eleições municipais.

Além da intervenção legislativa, outra vertente, a jurídica, abriria brechas para uma nova eleição: a cassação da chapa encabeçada por Dilma e Temer em 2014. Quatro ações pedindo o impedimento da chapa foram impetradas pelo PSDB e tramitam no TSE. Para possibilitar novas eleições uma delas deveria ser aprovada até dezembro deste ano.

“Neste caso existe um outro entrave que são os recursos legais, ainda que o TSE proceda com um julgamento célere e ainda este ano, os recursos eleitorais permitem que o STF possa vir a revisar a decisão”, explicou o membro da Abradep.

Segundo Delmiro Campos, diante da conjuntura política atual a medida não seria a solução. “Dedicar-se a realização das eleições gerais como esperança de uma melhor governabilidade longe de trazer qualquer garantia poderá trazer mais insegurança”, analisou. (LeiaJá)

 

A aposta mínima na Mega-Sena é de R$ 3,50 e pode ser feita até as 19h deste sábado (30)

A Mega-Sena está acumulada e pode pagar, neste sábado (30), o prêmio de R$ 10 milhões ao apostador que acertar os seis números do concurso 1.813. O sorteio será realizado às 20h (horário de Brasília) no Paraná.

O valor total da premiação, se aplicada em uma caderneta de poupança, pode render cerca de R$ 71,7 mil por mês. Com o dinheiro também é possível comprar 25 imóveis de R$ 400 mil cada ou uma frota com mais de 300 carros populares.

A aposta mínima na Mega-Sena é de R$ 3,50 e pode ser feita até as 19h do sábado, em qualquer uma das mais de 13 mil lotéricas espalhadas pelo País.

 

A Secretaria de Saúde de Flores, através da Vigilância Sanitária (VISA), vem realizando ações de monitoramento da qualidade da água dos carros pipa que abastecem os moradores do município.

A VISA conta com uma equipe específica capacitada para analisar e fiscalizar alguns elementos que tornam a água apta para consumo, como os níveis de cloração e transparência.

De acordo com o Coordenador da XI Unidade Técnica da APEVISA, Edmilson Lopes de Carvalho, o objetivo da fiscalização é garantir que os pipeiros tratem a água que será distribuída no município, verificar as condições da estrutura dos pipas com relação ao tanque.

35 caminhões pipa que adquirem água em açudes de localidades como a fazenda Veneza, em São José do Belmonte, receberam a inspeção da VISA que orientou os pipeiros a realizarem a cloração da água.

As ações fiscalizadoras da VISA contam com o apoio da Polícia Militar de PE para proporcionar a segurança da equipe envolvida no trabalho e da Vigilância Sanitária Municipal.

Prefeitura de Flores – uma vida melhor para todos.

 

Rogério Leão  ganhou, ainda mais, relevância nas decisões do diretório estadual. O deputado Pertence ao grupo político do secretário de transportes e deputado licenciado Sebastião Oliveira que, doravante, vai conduzir os rumos do partido no Estado. Convocado pelo diretório nacional, Sebastião Oliveira, vai participar da convenção nacional em Brasília (DF), é muito provável que ‘Sebá’ venha compor a executiva nacional da legenda.

O deputado conseguiu reaver o controle do Partido da República em Pernambuco. A legenda que já havia sido comandada pelo ex-deputado federal Inocêncio Oliveira, de quem Sebastião é primo e herdeiro político, estava sob o comando do deputado federal Anderson Ferreira que não atendeu as determinações do partido, no fechado de questão contra o impeachment da presidenta Dilma.

Além de assumir o comando da legenda no Estado, seu grupo tornou-se majoritário no diretório estadual. Veja os componentes:

•             Presidente: Sebastião Oliveira

•             Vice-presidente: Rogério Leão

•             Tesoureiro 1º: Silvano José

•             Tesoureiro 2º: Allan Pereira

•             Secretário: Waldemar Oliveira

•             Membros: Diogo Alexandre e Fernando Mário

 

A secretaria de Educação de Flores realizou na última terça-feira, formação pedagógica com os professores da Educação Infantil das escolas da rede pública municipal.

A formação focou: planejamento de aulas conteúdistas e atividades lúdicas e realizou-se na sede da Secretaria de Educação do município.

Prefeitura de Flores – uma vida melhor para todos.

 

Associado AblogPE

Salão Visual News

Custódia Seguros

Cerâmica Pajeú

O.T STÚDIO

Facebook

Cresol

Clima Tempo