Porteiros da Empresa Top Service, que prestam serviços nas Escolas Públicas Estaduais, ameaçam entrar em Greve

Empresa terceirizada é acusada de não ter pago salários desde dezembro/2017, além do vale refeição.

A Organização sindical que representa os porteiros das escolas públicas estaduais do Pajeú, informa que o início das aulas, marcado para o dia 05/02/2018, poderá ser sem os porteiros nas escolas que ameaçam entrar em estado de GREVE, por tempo indeterminado, a menos que a empresa Top Service Terceirização, com sede em Recife e responsável pela contratação de todos os porteiros da cidade de Serra Talhada-PE e região, regularize as pendências em relação aos salários de dezembro/2018, de janeiro/2018 e os vales-refeições, até quarta feira (31/01/2018).

Caso o pagamento seja regularizado até essa data, a decisão da categoria será anulada e os trabalhadores continuarão normalmente no cumprimento dos trabalhos.

Compartilhar nas Redes