Passeata invade as ruas de Santa Cruz da Baixa Verde e do Distrito de Jatiúca

“O evento alusivo ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes contou com a adesão da população”

Na última quarta-feira (18) e nesta quinta-feira (19), a Prefeitura Municipal de Santa Cruz da Baixa Verde, através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS realizou as passeatas em alusão ao “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, instituído pela Lei Federal 9.970/00. A ação é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes. O evento contou com o apoio do Gabinete do Prefeito e das Secretarias de Ação Social, Saúde, Administração, Educação e Cultura e parceiros importantes como – Toda rede socioassistencial, NUCA, Escolas da rede pública Municipal e Estadual, da rede privada, ADESSU Baixa Verde, Casa Ana, Canto Mãe Coruja, Conselho Tutelar, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Câmara dos Vereadores, Pastoral da Criança, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Promotoria, dentre outros.

Segundo a coordenadora do CREAS, Juliana Bernadete, o evento atingiu seu objetivo “Tanto na sede como no Distrito de Jatiúca a população participou ativamente do movimento, foram momentos importantes na luta, desta forma responsável, vamos conseguir combater este crime e mudar essa realidade. É importante ficar atento e não fechar os olhos, se observarmos qualquer mudança nas reações de crianças e adolescentes. Se você presenciar, souber ou suspeitar de violências sexuais, denuncie. O principal canal de denúncias é o Disque 100, mas é possível acionar Conselho Tutelar, Delegacia, Ministério Público e os Centros de Referências Especializados de Assistência Social – CREAS, disse.

O prefeito José irlando de Souza Lima (Irlando Parabólicas), participou ativamente de todo o evento, na oportunidade falou do apoio a criação de uma data alusiva ao tema e de políticas públicas voltadas para as crianças e os adolescentes “Está passeata chegou em boa hora, pois temos trabalhado de forma árdua no Combate ao Abuso e a Exploração Sexual e Adolescente, através dos órgãos que cuidam desse tema como Creas, Cras, Nuca e outros. Vamos continuar buscando e efetivando às políticas públicas que façam a defesa e o combate de qualquer abuso ou exploração das nossas crianças e adolescentes, seja na sede ou no Distrito de Jatiúca”, falou o gestor municipal Irlando Parabólicas.

Saiba mais

Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

Pode ser uma imagem de 2 pessoas, pessoas em pé e ao ar livre

Pode ser uma imagem de 8 pessoas, pessoas em pé e ao ar livre

Pode ser uma imagem de 12 pessoas, pessoas em pé, ao ar livre e árvore

Pode ser uma imagem de 1 pessoa, em pé e ao ar livre

Pode ser uma imagem de 6 pessoas, pessoas em pé, ao ar livre e texto que diz "FACA BONITO ABUSO SEXUAL NÃO TEM DESCULPA, TEM LEI ROMPA SILÊNCIO VIANA BEIRO"

Pode ser uma imagem de 5 pessoas, pessoas em pé e ao ar livre

 

Compartilhar nas Redes