Página Inicial >> ASSESSORIA DE IMPRENSA >> REGIONAL >> Vereador e presidente da Câmara de Serra Talhada, Manoel Enfermeiro, tem 2 filhas infectadas por covid-19

Vereador e presidente da Câmara de Serra Talhada, Manoel Enfermeiro, tem 2 filhas infectadas por covid-19

O presidente da Câmara Municipal de Serra Talhada, Manoel Enfermeiro (PT), relatou nesta quinta-feira (14) que está vivendo um drama familiar.

Segundo eles, duas filhas-uma professora e outra que trabalha na área de saúde- foram infectadas pelo covid-19. Durante a entrevista ao programa A Voz da Notícia, na rádio Vila Bela, o parlamentar relatou que uma das filhas poder ter contraído o vírus ao sair para o centro comercial da capital do xaxado.

“Queria agradecer a preocupação das pessoas que ligaram para mim e dizer que realmente tenho dois casos na família, que são duas filhas minhas que estão com Covid-19. Estão em tratamento em domicílio e todas duas estão tranquilas, mas minha obrigação é passar para a população que são duas filhas minhas, não é Manoel Enfermeiro não. Eu fiquei grato, mas fiquei chateado porque disseram que eu estava entubado no hospital. Uma delas foi comércio e contraiu”, disse Manoel Enfermeiro, aproveitando para rebater notícias de que também teria sido acometido pelo vírus.

“Graças a Deus não estou entubado, estou em quarentena como já pedi a todo mundo de Serra Talhada que fique. Ontem, por via das dúvidas, fui fazer uns exames também para dizer a população que não estou com Covid-19, estou tranquilo. Estou com exame em mãos, se a população quiser eu mostro ou mandar botar nas redes sociais para que fiquem mais com segurança.”

NÃO É DEUS

Ainda durante a entrevista, Maonel Enfermeiro fez questão de pedir as pessoas que fiquem em casa e falou sobre a presença de Deus neste momento.

“Essa epidemia não é só para Manoel Enfermeiro, e nem só para minhas filhas, mas não quero que nenhum deles passem o que elas estão passando. Quero dizer que fique em casa. Isso não é coisa que Deus quer. Não é Deus, é coisa que a vida nos trás e temos que ter o maior respeito com a população. Os que disseram que eu estava e meus amigos que ligaram, eu entrego a Deus. Agora não é momento da gente está com fake news. A responsabilidade é de passar a mensagem correta.”

Via: Farol

Compartilhar nas redes