Página Inicial >> ASSESSORIA DE IMPRENSA >> REGIONAL >> Prefeitura de Serra Talhada vai monitorar Rodoviária e restaurantes terão que reduzir lotação em 50%

Prefeitura de Serra Talhada vai monitorar Rodoviária e restaurantes terão que reduzir lotação em 50%

A Prefeitura de Serra Talhada anunciou, nessa quarta-feira (18), novas medidas de prevenção ao coronavírus, que já registrou mais de 400 casos no Brasil, com quatro vítimas fatais. Em Serra Talhada ainda não há casos confirmados, mas o governo municipal resolveu tomar medidas mais drásticas.

Durante um live realizada sob o comando do prefeito Luciano Duque, na companhia da Secretária de Saúde, Márcia Conrado, do vice-Prefeito Márcio Oliveira, e do secretário de Planejamento, Josembergues Melo, foi anunciado um decreto que restringe ainda mais o ir e vir das pessoas. Como por exemplo, a realização de eventos que eram permitidos até 150 pessoas, a permissão foi reduzida para até 50.

A prefeitura também decidiu monitorar o Terminal Rodoviário de Serra Talhada, em especial os desembarques oriundos de São Paulo, e os proprietários de bares e restaurantes terão que se adaptarem aos tempos de crise.

“O governo de Serra Talhada vai monitorar o Terminal Rodoviário, as empresas terão que comunicar, através de ofício ou e-mail, os dias e horários e localidades das linhas de ônibus que desembarcam em Serra Talhada; hotéis e pousadas também terão que se submeter ao monitoramento, com comunicação diárias pelo e-mail coronavirus@serratalhada.gov.br sobre os seus hóspedes, com nome, telefone e endereços das pessoas que vierem a se hospedar. Bares, restaurantes e lanchonetes, devem restringir a sua lotação a 50% do seu público. Por exemplo, um restaurante que tenha 50 mesas, deve reduzir para 25”, explicou o secretário Bergue Melo. No final, o prefeito Luciano Duque ressaltou a parceria com o governo do Estado, através da XI Gerência Regional de Saúde (Geres) mais foi enfático. “Só vamos vencer essa batalha se a população colaborar”, reforçou.

(Via: Farol)

Compartilhar nas redes