Página Inicial >> ASSESSORIA DE IMPRENSA >> REGIONAL >> Empresário do ramo de calçados de Serra Talhada emite nota contra a volta das restrições

Empresário do ramo de calçados de Serra Talhada emite nota contra a volta das restrições

Meus amigos e irmãos do Movimento Empresarial!

Vírus forte, ineficácia do Estado, vidas perdidas e restrições aos pequenos negócios.

Comércio fechado em Pernambuco.

Fechar comércio hoje é uma decisão mais que violenta, bruta, uma força desnecessária com parte dos segmentos empresariais. O Estado está aplicando uma ação, já considerada ineficaz( parar algumas atividades profissionais, consideradas para eles não essenciais), mas na realidade o que falta é controle por parte das autoridades , consciência da sociedade e vacina para a população.

Lamentavelmente o governador de Pernambuco e outros governadores Brasil a fora, passados 15 meses de pandemia, ainda não entenderam que fechar o comércio não salva vidas. Como empresário, estou junto com a CDL e o Sindcom de Serra Talhada, faço parte do grupo de empresários que estão de portas fechadas, por conta de um decreto autoritário.

Pernambuco está penalizando parte das empresas a morrer, em sua maioria, micro e pequenas atividades que não aglomeram em nada, porque estas atividades já estão sendo penalizadas pela crise econômica causada pelo COVID, todas com movimento abaixo da média.

Com todo o respeito que tenho para com as autoridades constituídas, eu quero dizer ao governador Paulo Câmara , que o vírus está andando por um lado e o Estado está procurando combatê-lo por outro, desta forma não dá certo, morrem as pessoas, as empresas e os empregos.

Everaldo de Melo Lima-Empresário do segmento de calçados, acessórios e materiais esportivos.
05/06/2021.

Hits: 8

Compartilhar nas redes