Página Inicial >> ASSESSORIA DE IMPRENSA >> REGIONAL >> Em Serra Talhada, moradores com Covid-19 estão circulando na cidade contaminando outros, alerta Luciano Duque

Em Serra Talhada, moradores com Covid-19 estão circulando na cidade contaminando outros, alerta Luciano Duque

O prefeito Luciano Duque disse, durante discurso na cerimônia de entrega dos leitos de retaguarda do hospital São José, no Centro, que moradores com a Covid-19 estão andando pela cidade quando deveriam estar em isolamento. O gestor alegou dificuldade em monitorar mais de 600 infectados e cobrou uma mudança de postura urgente da população. Atualmente, Serra está com a curva de contágio em larga expansão. Já temos 24 mortos pelo novo coronavírus e mais de 1700 infectados, no total de casos, do início do ano até agora.

“Não adianta ficar acusando as autoridades de saúde do Estado e município quando você cidadão não faz a sua parte. E verdadeiramente é isso o que a gente tem observado, no comportamento de pessoas que não tem o compromisso com a saúde pública de todos. ‘Porque eu não tenho nada’, ou ‘porque eu sou jovem’ e aí ‘eu não vou ligar para isso, não vou usar máscara, fazer higiene’, eu vou contaminar gente por aí’… Porque tem gente com o vírus, é notificado e fica circulando pela cidade. E muitas vezes nó somos criticados porque nós não estamos fiscalizando… Nós não temos o braço do governo para fiscalizar cada cidadão”, disse Duque, reforçando:

“Hoje nós temos mais de 600 contaminados, como é que vamos fazer para fiscalizar 600 contaminados? É impossível! Vou colocar polícia, a Guarda Municipal, de Trânsito e assim mesmo não vou dar conta. Vamos ficar na porta do povo? A sociedade precisa compreender que quem está contaminado fique em casa, não saia para contaminar os outros, e se sair e seu vizinho vê e sabe que ele está contaminado, dá o nome e liga para a vigilância sanitária que assim a gente pode agir. Mas ficar em WhatApp, em Facebook dizendo que os contaminados estão andando… Andando onde?”

DEFESA DO HOSPAM

Durante o discurso, Duque também fez uma defesa pública do Hospam pelo atendimento aos casos de Covid-19 na unidade. “Vamos respeitar os profissionais de saúde nesse momento, porque o que eu vejo são muitos comentários dizendo se for parar no Hospam só sai se for morto. Isso é uma injustiça, agora na hora que piora, esses aí que ficam criticando, são os primeiros a baixar lá na porta do Hospam pedindo socorro”, afirmou.

Via: Farol

Compartilhar nas redes