Página Inicial >> ASSESSORIA DE IMPRENSA >> POLÍTICA >> Vereador alerta sobre ‘cartel de consultas’ em Serra Talhada

Vereador alerta sobre ‘cartel de consultas’ em Serra Talhada

Da Assessoria

Na sessão ordinária da Câmara de Vereadores da última terça-feira (16), o Presidente da Casa, Ronaldo de Dja, denunciou a falta de um urologista no HOSPAM, além dos preços abusivos nas consultas médicas, exames e cirurgias.

“O Hospam tem deixado a população abandonada. Em pleno mês de conscientização do câncer de próstata, o Hospital não oferece um urologista em seu quadro, nem parceria. Os pacientes precisam pagar consultas caríssimas, de 400 a 500 reais, para ter um atendimento e se o caso for para cirurgia, precisa desembolsar entre 9 e 14 mil reais. Isso é um absurdo!”, pontuou o vereador.

Na oportunidade, o presidente pediu aos médicos de outras especialidades que revejam os valores das consultas, para contribuir com a saúde das pessoas de Serra Talhada.

“O alto valor nas consultas e exames dificulta o acesso ao tratamento, piorando o quadro clínico do paciente. Infelizmente existe um cartel nos valores e para o agricultor, o desempregado, ou mesmo o assalariado que recebe um salário mínimo, fica impossível pagar 500 reais em uma consulta. Peço que os médicos, de todas as áreas, revejam seus valores, proponha valores diferenciados para pacientes de baixa renda. Aqui na Câmara vamos propor uma comissão para lutarmos por mais especialidades médicas no Hospam”, disse.

Renda média da população

De acordo com o IBGE, em Serra Talhada os domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa chegam a 45.7% da população.

Via: Farol de Notícias

Compartilhar nas redes