Página Inicial >> ASSESSORIA DE IMPRENSA >> POLÍTICA >> Pesquisa Datafolha: Lula chega a 39%; sem ele, Bolsonaro lidera com 22%

Pesquisa Datafolha: Lula chega a 39%; sem ele, Bolsonaro lidera com 22%

Na primeira pesquisa Datafolha desde o registro das 13 candidaturas na Justiça Eleitoral ao Palácio do Planalto Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sai na frente, com 39% das intenções de voto. Em junho, dois meses após a prisão de Lula, pesquisa do Datafolha mostrava Lula com 31% das intenções de voto, oito pontos a menos que na atual.

No cenário que exclui o ex-presidente, preso por corrupção desde o dia 7 de abril, Jair Bolsonaro (PSL) lidera, com 22% da preferência dos eleitores ouvidos. O cenário sem Lula incluiu o nome de Fernando Haddad, que alcançou tímidos 4%, apontando a dificuldade do ex-presidente de transferir seus votos ao petista.

Ainda na pesquisa com Lula na disputa Bolsonaro tem 19%, seguido por Marina Silva (Rede), com 8%; Geraldo Alckmin (PSDB), com 6%; Ciro Gomes (PDT), com 5%; Alvaro Dias (Podemos), com 3%; e João Amoêdo (Novo), com  2%. Henrique Meirelles (MDB), Guilherme Boulos (PSOL), Cabo Daciolo (Patriota) e  Vera (PSTU) marcaram 1%; João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram, Branco/nulos/nenhum somaram 11% e 3% responderam não saber em quem votar.

No cenário sem Lula, além da liderança de Bolsonaro, cresce o número de eleitores indecisos. Marina (16%) e Ciro (10%), nas segunda e terceira posições, dobram suas pontuações, mostrando um possível destino de parte dos votos em Lula. Alckmin cresce apenas um ponto, para 9%, assim como Alvaro Dias (4%) e Meirelles (2%).

Haddad aparece apenas na sexta posição, com 4% das intenções de voto. Amoêdo (2%), Vera (1%), Cabo Daciolo (1%) e Boulos (1%) mantém suas pontuações, enquanto ganha 1%. Eymael, segue sem pontuar.  Sem Lula, branco/nulos/nenhum chegam a 22% e 6% dos entrevistados afirmam não saber em quem votar.

A pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira 22 ouviu 8.433 pessoas em 313 municípios, de 20 a 21 de agosto. A margem de erro do levantamento, uma parceria do jornal Folha de S.Paulo e da TV Globo, é de dois pontos percentuais para mais ou menos.

Segundo turno

O Datafolha trouxe dez cenários de segundo turno. Quando Lula é apresentado como candidato, ele vence todas as disputas de segundo turno: por 53% a 29%, contra Alckmin; 52% a 32%, contra Bolsonaro; e 51% a 29%, contra Marina.

Já Bolsonaro, que lidera no primeiro turno quando a pesquisa exclui Lula, é derrotado na maioria das simulações para a segunda etapa da votação. Além de perder para Lula, o deputado é derrotado por Marina — por 45% a 34% — e por Alckmin — 38% a 33%.

Com Ciro Gomes há um empate técnico: o ex-governador do Ceará tem 38% contra 35% de Bolsonaro. Ciro, porém, está numericamente à frente do deputado federal. Bolsonaro só vence de Haddad, com 38% a 29%.

Além de vencer Jair Bolsonaro, Marina Silva bate Geraldo Alckmin por 41% a 33%. O ex-governador de São Paulo, por sua vez, ganha de Ciro Gomes por 37% a 31%. E de Fernando Haddad, por 43% a 20%.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com