Pesquisa Conectar: Marília 33%; Raquel 13%; Miguel Coelho 11%; Anderson 7%; Danilo 5%

De acordo com o levantamento de julho da Conectar, divulgados nesta terça-feira (12), com exclusividade, pelo Blog de Jamildo, Marília Arraes está com 33% das intenções (26% em abril), bem na frente da segunda colocada, Raquel Lyra, do PSDB, com 13% (15% em abril).

Miguel Coelho aparece em terceiro lugar, com 11% (12% em abril). Na quarta posição, aparece o candidato de Bolsonaro, Anderson Ferreira, com 7% das citações (8% em abril).

Danilo Cabral, o candidato do PSB, de situação, vem apenas em quinto lugar, com 5% das intenções de voto, os mesmos do levantamento de abril.

João Arnaldo tem 2% (2% em abril também), Jadilson Bombeiro 1% (em abril não pontuou), mesma situação de Esteves Jacinto.

Brancos e Nulos somaram 20% (Antes eram 24%).

A quantidade de gente que disse não sabe ou não respondeu soma 8% (antes, 7%).

Dados da pesquisa Espontânea

Neste tipo de questionamento, onde não são apresentados cartões pelos entrevistadores, Marília Arraes também lidera, tendo subido de 4% em abril para 10% em julho.

Raquel Lyra caiu um ponto percentual, passando de 5% para 4%.

Miguel Coelho também caiu, passando de 4% para 3%.

Anderson Ferreira subiu de 2% para 3%, entre abril e julho.

Danilo Cabral passou de 1% para 3% na espontânea.

Brancos e nulos ou ninguém caiu de 24% para 21%.

Não se sabe exatamente porque, mas o governador Paulo Câmara aparece como um dos postulantes e tem a mesma taxa de 3% nos dois meses comparados. O governador não é candidato.

Veja ranking da pontuação dos candidatos por região

Na liderança do levantamento de julho, a deputada federal Marília Arraes pontua bem em todas as regiões do Estado. A melhor votação está no Recife, com 44% das intenções de voto, seguida da Zona da Mata (39%). Na Região Metropolitana do Recife, chega aos 33%, 25% no Agreste e 29% no São Francisco.

Em segundo lugar, a tucana Raquel Lyra tem seu melhor desempenho no Agreste, com 32%, e na Zona da Mata, onde aparece com 11%. O pior desempenho é no São Fracisco, onde tem apenas 4%. No Recife (6%) e na Região Metropolitana (5%) precisará da ajuda dos aliados urbanos.

Em terceiro no ranking de julho, Miguel Coelho aparece com a votação concentrada no Sertão e São Francisco (36%) e Agreste (7%), mas precisa melhorar nas demais áreas, como Recife (6%), RMR (2%) e Mata (5%).

No quarto lugar, Anderson Ferreira destaca-se apenas na RMR (12%) e Recife (9%) e precisará da ajuda de Bolsonaro para crescer na Mata (7%), Agreste (3%) e Sertão e São Francisco (2%).

Na quinta posição, Danilo Cabral não atinge dois dígitos em nenhuma das regiões, tendo 6% no Agreste e 6% no Recife, 5% na Mata, 4% no Sertão e São Francisco e 3% na Região Metropolitana do Recife.

Dados técnicos da pesquisa

A pesquisa de opinião teve mil entrevistas e foi realizada entre os dias 8 e 10 de julho, em 61 municípios.

A margem de erro máxima estimada da pesquisa é de 3,1 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados totais apresentados.

A pesquisa foi realizada por iniciativa do próprio instituto, a Conectar Pesquisas e Inteligência.

O número de registro da pesquisa no TSE é BR-02965/2022 e PE-04560/2022.

Blog de Jamildo

Compartilhar nas Redes