Página Inicial >> ASSESSORIA DE IMPRENSA >> POLÍTICA >> Márcia vai a 51,7%. Socorro chega a 18,3%. Victor, 10% e Marquinhos despenca: 0,7%, diz Múltipla

Márcia vai a 51,7%. Socorro chega a 18,3%. Victor, 10% e Marquinhos despenca: 0,7%, diz Múltipla

A candidata do PT Márcia Conrado cresceu e chegou a 51,7% das intenções de voto de acordo com levantamento do Instituto Múltipla realizado dia 21 de outubro.

No levantamento, a candidata Socorro de Carlos Evandro se manteve estável, com 18,3%. Victor Oliveira também não teve alteração significativa e apareceu com 10,7%.

Outro fato importante foi a desidratação de Marquinhos Dantas, caindo a 0,7% das intenções de voto. Disseram votar branco ou nulo, 5,3%. Indecisos são 12,3%. Não opinaram 1% dos entrevistados.

Na primeira pesquisa em 13 de setembro, Márcia tinha 43%. Foi a 46% no levantamento divulgado em 4 de outubro e agora tem 51,7%, o que demonstra curva ascendente da petista. Socorro de Carlos Evandro apareceu com 11% na pesquisa de setembro. Foi a 17% no levantamento de 4 de outubro e agora tem 18,3%. Victor Oliveira saiu com 19% no primeiro levantamento divulgado em 13 de setembro. Caiu para 11% em 4 de outubro e agora tem 10%. Marquinhos Dantas começou com 9%, caiu a 5% em 4/10 e agora manteve a tendência de queda, chegando a 0,7%.

Segundo Ronald Fallabela, não há como destacar um fator de crescimento específico de Márcia. Baixa rejeição, voto útil e até desempenho no debate estão entre as possibilidades. Já sobre a cristalização do percentual de Socorro, o motivo tem relação com a estabilidade de Victor. Seu voto não está mais migrando para Socorro a se levar em conta esse levantamento. Se esse percentual se mantém estático, só a próxima pesquisa vai indicar.

Na pesquisa espontânea, em que não são apresentadas as opções para o eleitor, Márcia tem 44,7%, Socorro de Carlos Evandro, 14,3%, Victor Oliveira 4% e Marquinhos Dantas, 0,3%. Não opinaram  5%. Citaram outros nomes 2,3%. Se disseram indecisos 23,7%. Brancos e nulos são 5,7%.

O item rejeição é importante para aferir o campo potencial de crescimento dos candidatos. Márcia Conrado tem a menor, com 22,3% afirmando que não votariam nela de jeito nenhum. Esse número é de 65,7% para Marquinhos Dantas, 62,3% para Victor Oliveira e 53,7% para Socorro de Carlos Evandro.

A avaliação do prefeito Luciano Duque, principal cabo eleitoral de Márcia Conrado é de 71,3%. Um total de 14% desaprovam e 14,7% não opinaram. Quando chamada a avaliar a gestão, 13% a considera ótima, 44,7% boa, 31,7% regular, 2% ruim e 5,7% péssimo. Só 3% não opinaram.

Exclusivo – dados para Vereador por partido: o Múltipla aferiu o cenário para a Câmara de Serra Talhada e fez um levantamento de como estão posicionados os candidatos por partido. A margem de erro e o fato de ser espontânea faz com que seja natural a maior imprevisibilidade sobre o cenário apresentado. Em suma, há indicativo dos melhores nomes, o que não garante acesso ou derrota dos que pontuam melhor ou pior no levantamento. Veja: VOTAÇÃO VEREADORES POR PARTIDO ST

A pesquisa foi registrada com o número de identificação PE-03167/2020. Foram 300 entrevistas realizadas dia 21 de outubro. A margem de erro é de 5,7% para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%.

Nome da entidade que realizou a pesquisa: André Cavalcante Falabella LTDA. Nome de fantasia: Instituto de pesquisa Múltipla. Nome do contratante: André Cavalcante Falabella LTDA. Nome de fantasia: Instituto de pesquisa Múltipla. Observação: A soma das respostas que não totalizarem 100% são decorrentes de arredondamento do programa.

O Múltipla é o único Instituto que disponibiliza seu relatório completo. Veja: Relatório completo Serra Talhada .

Via: Nill Júnior

Compartilhar nas redes