Página Inicial >> ASSESSORIA DE IMPRENSA >> POLÍTICA >> Flores: Base governista vota a favor da cobrança de contribuição de Iluminação Pública na Zona Rural

Flores: Base governista vota a favor da cobrança de contribuição de Iluminação Pública na Zona Rural

Vereador e pré-candidato ao cargo de prefeito de Flores/PE, Onofre de Souza apresentou projeto de lei com o objetivo de isentar a cobrança de contribuição de iluminação pública pelo Município dos pagadores de impostos das unidades consumidoras de energia elétrica da Zona Rural e das pessoas inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).

A iniciativa do vereador visava atender reclamação antiga de cidadãos florenses que residem na Zona Rural, mas que são obrigados a pagar contribuição de iluminação pública em localidades onde o serviço não é prestado.

Segundo informações do vereador, o Projeto de Lei n.º 08/2019 foi apresentado em novembro de 2019 e depois de muita luta finalmente foi incluído em pauta na sessão plenária ocorrida na semana passada.

Ocorre que os vereadores da bancada de situação acabaram votando pela rejeição do projeto apresentado, resultando assim na manutenção da cobrança de contribuição de iluminação pública pelo Município de moradores da Zona Rural e de pessoas beneficiárias do programa Bolsa Família.

Onofre disse lamentar pela postura nada republicana dos vereadores da situação, que fizeram prevalecer partidarismo em prejuízo dos agricultores e das pessoas pobres, principalmente nesse momento de crise em que a renda das famílias está comprometida devido a quarentena e a paralização do comércio.

Questionado sobre a possibilidade de apresentar novamente o projeto, Onofre finalizou dizendo que novo projeto tratando da mesma matéria somente poderá ser apresentado no próximo ano, e que torce para que o povo de Flores renove os quadros da Câmara com políticos mais compromissados em defender seus interesses. Somente assim projetos como esse poderão ser aprovados e beneficiar a população.

Via: ConexãoPolíticaPajeú

Compartilhar nas redes