Procon-PE divulga ranking de reclamações em 2021

O Procon/PE, órgão vinculado à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, recebeu durante o ano de 2021, mais de 15 mil reclamações em todo o estado.

Em dados fornecidos pela gerência de Atendimento do órgão, foi constatado que a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) foi a empresa mais reclamada, somando 578 queixas.

Entre os problemas apontados, os consumidores relatam mais sobre cobrança abusiva ou indevida.

Configurando na segunda colocação, o Banco Bradesco recebeu 389 reclamações junto ao órgão. Já no 3º lugar ficou o Banco BMG com 308 ocorrências, seguido pela Compesa e Caixa Econômica Federal, com 295 e 273 respectivamente.

De acordo com a gerente de Atendimento do Procon/PE, Thamires Lima, “o consumidor que se sentir lesado poderá recorrer ao órgão através do 0800 282 1512, ou à sede que fica localizada na Rua Floriano Peixoto, 141, Bairro de São José, portando os documentos de identificação (RG e CPF), comprovante de residência e documentos relativos ao caso”.

Para o atendimento também é necessário apresentar o comprovante da vacina contra a Covid-19, segundo decreto do Governo do Estado nº 51.864/2021.

Para mais informações, o órgão disponibiliza os seguintes canais de comunicação: site -www.procon.pe.gov.br; whatsApp 3181.7000; e-mail – atendimento@procon.pe.gov.br; além do instagram: @proconpe.

Ranking das empresas em 2021:

1º Celpe – 578

2º Banco Bradesco – 389

3º Banco BMG – 308

4º Compesa – 295

5º Caixa Econômica Federal – 273

6 º Samsung – 251

7º Magazine Luiza – 233

8 º Banco C6 – 230

9º Via varejo – 222

10º Banco PAN – 2

Compartilhar nas Redes