Página Inicial >> ASSESSORIA DE IMPRENSA >> ECONOMIA >> Governo estuda estender auxílio emergencial, mas com valor de R$ 200

Governo estuda estender auxílio emergencial, mas com valor de R$ 200

O governo vem estudando estender a duração do auxílio emergencial, entrgue a trabalhadres que perderam os empregos ou tiveram redução salariam em meio à pandemia do novo coronavírus. A proposta, prevista para até o final de 2020, reduziria o valor do benefício, que atualmente equivale a R$ 600.

Se aprovado, o projeto destinaria para as próximas prestações (setembro, outubro, novembro e dezembro) um valor de R$ 200 por beneficiado nesses meses. Inicialmente, ainda em março (mês que marcou a chegada da pandemia ao Brasil), a proposta do governo para o auxílio emergencial era justamente o projetado para as demais parcelas do benefício. O aumento para R$ 600 ocorreu após pressão da Câmara dos Deputados, que propôs o pagamento de R$ 500 por beneficiado.

De abril a agosto, o governo já destinou R$ 254,4 bilhões para o pagamento do auxílio emergencial. Mensalmente, o investimento para o pagamento do benefício aos trabalhadores chega a em R$ 51,5 bilhões. A equipe econômica do presidente Jair Bolsonaro, liderada pelo ministro Paulo Guedes, estuda substituir o auxílio por um novo programa social batizado de Renda Brasil, no lugar do Bolsa Família.

(DP)

Compartilhar nas redes